sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Dois concertos encerram o ano positivo de projetos importantes na área da música clássica


MUSICÂMARA - 16 de dezembro de 2011, às 19h30min, sexta-feira, Igreja do Relógio | São Leopoldo

O concerto Natalino que será apresentado na Igreja do Relógio no dia 16 de dezembro pelo  Grupo Vocal Mandrialis de Porto Alegre e Madrigal Presto de São Leopoldo vai marcar  o encerramento da temporada 2011 do Projeto MusiCâmara.

Com regência do maestro João Paulo Sefrin, técnica vocal e coordenação artística de Lúcia Passos, no programa do concerto destaca-se a estréia no RS  da obra Natalina O magnum mysterium,  de Morten Lauridsen,  bem como  a interpretação  de outras composições raramente cantadas pelos corais,   entre elas Hodie Christus natus est de Sweelinck  ao lado de canções tradicionais de Natal, oriundas de várias culturas como Natal  (F. Mendelssohn),  Noite Feliz (Franz Gruber)  e Pampa de Luz (Pery Souza e Luiz de Miranda). 

Resultados do Projeto MusiCâmara  em 2011
O Projeto MusiCâmara  realizou 9 concertos de março a novembro deste ano, contando com um público médio de 250 pessoas por concerto, perfazendo o total de 2.250 espectadores. Através da parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Leopoldo-SMED,  o Projeto visitou sete  escolas da rede municipal de ensino, atingindo diretamente cerca de 600 estudantes, que assistiram aos concertos no decorrer de 2011.

MusiCâmara  2012 tem apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura
No quinto ano de atividades,  em 2012 o Projeto MusiCâmara conta com o importante apoio do Ministério da Cultura,  por meio da Lei Rouanet, o que  possibilita a captação de recursos através do Imposto de Renda, nas modalidades de Pessoa Física e/ou jurídica. Os leopoldenses estão convidados a colaborar com o MusiCâmara e,  desta forma,  estarão incentivando a cultura em São Leopoldo.

ORQUESTRA DE CÂMARA DA FUNDARTE - 18 de dezembro de 2011, domingo,Catedral Metodista de Porto Alegre (Rua Duque de Caxias, 1676 – Centro Histórico)

Agraciada com o prêmio Líderes & Vencedores 2011 na categoria Expressão Cultural, a Orquestra de Câmara Fundarte encerra a temporada de concertos  deste ano  do seu 15º. aniversário no próximo domingo, dia 18, com o concerto Natalino da Série Circuito Musical Comunitário, que será  apresentado na Catedral Metodista de Porto Alegre.

Sob a batuta do maestro Antônio Borges-Cunha, com a participação do Coral da Catedral Metodista de Porto Alegre, tendo como solistas   Jordelei dos Santos (trompete), Rosimari Oliveira (soprano) e Sérgio Santos (barítono), no programa do concerto serão executadas as obras  Divertimento em Ré Maior, K. 136  e Laudate Dominum  (W. A. Mozart), Concerto para Trompete (Joseph Haydn),  Messias  -seleção de árias-  (Georg Friedrich Handel),  Oratório de Noel: Benedictus (Camille Saint-Saens),  Herbstlied e Ich Wolt meine lieb (Felix Mendelssohn), além das canções tradicionais de Natal.

Resultados da programação de 2011
Uma das orquestras brasileiras mais atuantes, em 2011, ano  das comemorações do seu 15º. aniversário, a Orquestra de Câmara Fundarte realizou 54 apresentações, entre os concertos do Projeto  SESI Catedrais e da Série Circuito Musical Comunitário e das montagens do espetáculo Piazzolla Coreografado e da ópera cômica La Serva Padrona –em cartaz há quatro anos-,  perfazendo um público de mais de dez mil espectadores.

O desenvolvimento da programação conta com a parceria do SESI-RS, fundador da orquestra ao lado da Fundação Municipal de Artes de Montenegro-Fundarte,  e de patrocínios por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Andy Boy faz apresentação no Teatro Renascença e no Mississipi Delta Blues Festival


O gaitista, cantor e compositor gaúcho Andy Boy completa dezessete anos de blues man e encerra 2011 participando de dois projetos musicais importantes do cenário local e internacional.


Dia 22 de novembro, às 20 h, o artista se apresenta no Teatro Renascença convidado pelo projeto Sons da Cidade, da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, mostrando as diversas variantes do blues, desde os temas mais clássicos até o flerte com o jazz, além de algumas surpresas. Andy será acompanhado por Tiago Dandrea (piano), Thiago Bitencourt (guitarra), Arnaldo Barreto (bateria) e José Baronio (baixo), além das participações especiais dos guitarristas André Bertinetti e Marcelo Cardoso. A noite de blues conta, ainda, com uma apresentação do pianista Luciano Leães, o outro convidado do projeto.
No dia seguinte Andy já parte para se apresentar na quarta edição do Mississipi Delta Blues Festival, o maior festival do gênero na America do Sul que acontece em Caxias do Sul de 24 a 26 de novembro.
Ao retornar, Andy começa a preparar o novo CD, que deve ser gravado em 2012. Tendo na bagagem um Prêmio Açorianos de melhor CD de Blues com Bluemind, apresentações solo e ao lado de artistas como André Christóvam, Jefferson Gonçalves, Renato Borghetti, Carey Bell, Ron Lewy, Magic Slim, Hubert Sumlin e Billy Branch, Andy considera que “todo músico deve ter um registro fonográfico de suas novas fases e experiências, assim como para um artista plástico, sua obra é o prórpio registro de sua criatividade”.

SERVIÇO: 

Show Teatro Renascença 
Onde: Érico Veríssimo esq. Ipiranga
Quando: 22 de novembro de 2011, às 20 h
Quanto: 1kg de alimento não perecível (ingresso pode ser trocado 1 hora antes, na bilheteria)


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Projeto MUSICÂMARA apresenta a Camerata Ivoti e o Coro Juvenil do IEI

O dia 18 de novembro vai marcar a apresentação  do concerto que a Camerata Ivoti e o Coro Juvenil do Instituto Educacional Ivoti vão realizar no Projeto MusiCâmara,  na Igreja do Relógio,  em São Leopoldo.


O concerto, que tem entrada gratuita e será apresentado através do projeto Musicâmara, integra a programação dos 100 anos da Igreja de Cristo, conhecida em São Leopoldo como a Igreja do Relógio. Nele, a  Camerata e o Coro Juvenil do IEI, apresentarão a Cantata Alles was Ihr tut, mit Worten oder mit Werken, de Dietrich Buxtehude, além de Raio e Trovão (Marcus Viana) , Anna Julia  (Los Hermanos), Carinhoso (Pixinguinha e João de Barro),  Milonga para as Missões (Gilberto Monteiro) e  Verano Porteño (Astor Piazzolla).
Segundo o professor Irving Feldens,  coordenador e também violinista, a Camerata Ivoti realizou apresentações no Estado e em cidades como São Paulo, além de turnês pela Europa, onde sempre apresenta dezenas de concertos.  “A variedade do repertório que vai de Bach a Luiz Gonzaga, passando por Astor Piazzolla  e Gilberto Monteiro, visa atender ao público, bem como a necessidade de formação musical dos alunos de vivenciar estilos variados de compositores de diversas épocas”.
A Camerata Ivoti foi criada em 1994 e é uma das quatro orquestras do programa de educação musical desenvolvido pela Associação Pró-Cultura e Arte Ivoti (ASCARTE) e conta com a parceria do Instituto de Educação Ivoti (IEI). Já o coro Juvenil foi criado em 1951 pelo então diretor da Escola Normal Evangélica Hans Günther Naumann - seu regente até 1986 - e funcionou ininterruptamente até hoje. 
Tanto o projeto MUSICÂMARA como as atividades da ASCARTE contam com aprovação do Ministério da Cultura através da Lei Federal de incentivo à Cultura - Lei Rouanet - e podem receber patrocínio de pessoas físicas e jurídicas que, posteriormente, descontam o valor investido no seu Imposto de Renda.

PROJETO MUSICÂMARA
CONCERTO CAMERATA IVOTI E CORO JUVENIL DO IEI

Dia 18 de novembro de 2011 -  19h30min – Igreja do Relógio
Rua Osvaldo Aranha, 450 – Centro -  São Leopoldo
Entrada franca

Informações
Presto Produções e Promoções Artísticas
Telefones: 51 3037.7784 e 9278.5967
Rua Lindolfo Collor, 263 – Centro – São Leopoldo – RS

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O que queres tu de mim ?

Esta é uma pergunta que todos, em algum momento ou de algum modo, encaram ao longo da vida. E é o instigante tema do livro da psicanalista Lucia Serrano Pereira que será lançado na livraria Palavraria no próximo dia 24 de outubro, a partir das 19h30min. No lançamento, haverá uma apresentação da obra pela autora, acompanhada por Luis Augusto Fischer e Diana Corso.


A Palavraria fica na R. Vasco da Gama, 165. 
Bairro Bom Fim, em Porto Alegre.
Telefone: 3268-4260

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Seminário O DIVÃ E A TELA


Seminário "O divã e a tela"

Assassinato em Gosford Park (2001)
de Robert Altman




Entrada Franca
Dia: 21 de outubro (sexta-feira), 19h
Local: Sede da APPOA (Rua Faria Santos, 258 – Petrópolis)
Coordenação: Enéas de Souza e Robson de Freitas Pereira

            O filme que encerra a programação de 2011 do Seminário O Divã e a Tela oferece um olhar crítico e sagaz da sociedade inglesa dos anos 30. A história de Assassinato em Gosford Park, de Robert Altman, tem como cenário a propriedade rural dosMcCordle, para onde segue um variado grupo de nobres e artistas. Acompanhados de seus criados, eles apostam na perspectiva de um final do semana, que promete caçadas, jantares e generosas doses de mundanismo.
            A união de dois microcosmos – patrões e empregados - seus costumes e comportamentos tão representativos da sociedade da época, revela o quanto eles se assemelham e se diferenciam. A sugestão de um assassinato iminente percorre as cenas e, quando ele acontece, percebe-se que é apenas mais uma referência entre tantas outras em meio a uma convivência em que a alienação e a futilidade se sobressaem, numa tentativa de esconder as profundas modificações que estavam em curso naquele mundo.
            Robert Altman construiu um filme divertido e irônico para falar sobre coisas sérias com a participação de um grande elenco:Michael Gambon, Maggie Smith, Kristin Scott Thomas, Emily Watson, Bob Balaban e Helen Mirren, entre outros.
            Seminário O Divã e a Tela é uma programação mensal da Associação Psicanalítica de Porto Alegre que há sete anos promove o diálogo entre a psicanálise e o cinema. A coordenação é dos psicanalistas Robson de Freitas Pereira e Eneas de Souza, editor da revista Teorema. Mais informações pelo telefone (51) 3333.2140.

Projeto Musicâmara apresenta recital de canto com o resultado do ensino e da multiplicação de experiências


Professora e Cantora Lúcia Passos coordena o projeto Musicâmara

No MusiCâmara de outubro a Presto Produções e Promoções  Artísticas vai apresentar recital com os alunos de canto de seu Espaço Livre de Música, que estudam sob a orientação das professoras e cantoras  Lúcia Passos e Dêizi Nascimento.

A apresentação será realizada no dia 21 de outubro, na Igreja do Relógio, no centro de São Leopoldo. O programa vai apresentar repertório variado, de compositores brasileiros,  Spiritual  e árias de óperas famosas.

Ao lado de Lúcia Passos e Dêyze Nascimento estarão no palco Ana Luiza Trein, Caroline Dick, Laura  Dick Martini, Ivan Montanha, Luiza Leoratto, Maicon Cassânego  e Sheila Vigarani, interpretando obras como a Ária da Bachiana  nº 5  de Villa-Lobos, Ave Maria de Camille Saint-Saëns, o Spritual  All night, all Day e Porgi Amor da òpera As Bodas de Fígaro de Wolfgang Amadeus Mozart. O recital vai contar, ainda, com a participação da pianista Ana Althoff.

                                                           
Lúcia Passos que também é coordenadora artística da Presto conta que alguns dos alunos já cantavam antes e vieram se aperfeiçoar  no Espaço Livre de Música da PRESTO,  e que outros se apresentam pela primeira vez num projeto como o MusiCâmara. “Nosso objetivo é dar ao público a oportunidade de conhecer nossos alunos e a estes a oportunidade de buscar a essência da voz, iniciando uma carreira artística num ambiente de amizade, de troca, respeito, solidariedade e comprometimento com a arte da música” diz Lúcia.

Programa

Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959)                                
Melodia Sentimental  (Floresta Amazônica)
Sheila Vigarani, soprano

Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959)
Ária da Bachiana Brasileira nº 5
              Luiza Leoratto, soprano

Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959)                                
Lundu da Marquesa de Santos
Sheila Vigarani, soprano

Jacques Offenbach  (1819 – 1880)                              
Barcarolle (Contos de Hofmann)
Caroline Dick Martini
Ana Luisa Trein, soprano

Camille Saint-Saëns (1835 – 1921)                           
Ave Maria                                                                            
Dêizi Nascimento, soprano  
Carine Fick, soprano

Spiritual                                                                  
All night, all Day
Caroline Dick Martini, soprano 
Laura  Dick Martini, contralto

Wolfgang Amadeus Mozart (1756  – 1791)                  
Porgi amor (Ópera As Bodas de Fígaro)
Dêizi Nascimento, soprano 

Wolfgang Amadeus Mozart (1756  – 1791)                  
Bei Männern, welche  Liebe fühlen (Ópera A Flauta Mágica)
Dêizi Nascimento, soprano 
Ivan Montanha, tenor
                                                                                                                                                          
Giacomo Puccini (1858 – 1924)                                
Nessun dorma  (Ópera Turandot)
Maicon Cassânego, tenor

Giacomo Puccini (1858 – 1924)                                  
Valsa de Musetta   “Quando m´en  vo soletta per la via”  (Ópera La Bohème)
Sheila Vigarani, soprano

Giacomo Puccini (1858 – 1924)                                  
Che gélida manina (Ópera Lá Bohème)
Maicon Cassânego, tenor

Giuseppe Verdi (1813 – 1901)                                    
Parigi, o cara (Ópera Lá Traviata)
Lúcia Passos, soprano  
Maicon Cassânego, tenor

Pianista: Ana Althoff 



PROJETO MUSICÂMARA
RECITAL  DE CANTO
Dia 21 de outubro de 2011 -  19h30min – Igreja do Relógio
Rua Osvaldo Aranha, 450 – Centro -  São Leopoldo
Entrada franca


Informações
Presto Produções e Promoções Artísticas
Há 5 Anos o lugar certo da boa música
Telefones: 51 3037.7784 e 9278.5967
Rua Lindolfo Collor, 263 – Centro – São Leopoldo – RS


Projeto MusiCâmara – diferencial didático
Com a coordenação artística da cantora e professora de técnica vocal Lúcia passos, o Projeto MusiCâmara é aberto à comunidade em geral e para estudantes. Realizado pela  PRESTO – Produções e Promoções Artísticas, em parceria com as Secretarias de Cultura e Educação da Prefeitura de São Leopoldo, apresenta um diferencial que se constitui no trabalho didático que é feito anteriormente pelos músicos  nas escolas da rede pública municipal de São Leopoldo,   com o objetivo de preparar os alunos  para a melhor compreensão do programa que será executado.
A formatação do projeto para a Lei de Incentivo à Cultura - Lei Rouanet - é da Bis | Cultura e Comunicação.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Piazzolla Coreografado



Assisti neste domingo o espetáculo Piazzolla Coreografado e voltei emocionada com o que vi. E por várias razões: a música - como não podia deixar de ser; a coreografia criativa, bem executada, sensível; e a confirmação de que temos artistas qualificadíssimos no estado, capazes de fazer um espetáculo tão bom e que "não faz feio" a nenhuma outra produção nacional (arrisco a dizer até internacional).
O espectador experimenta várias emoções, é testado a reconhecer em si mesmo, na música, e na coreografia, sensações que vão da contemplação à tensão, da sensualidade à melancolia, a dor, o amor. Eu, confesso, deixei correr as lágrimas.
O espetáculo coloca no palco, simultaneamente, a Orquestra da Fundarte - tendo como solistas Olinda Allessandrini (piano) e Luciano Maia (acordeon) - e os bailarinos da Troupe Xipô (Daniel Barcellos, Márcio Barreto, Patrick Moraes, Silvia da Silva Lopes e Suzana Schoellkopf). Os arranjos são assinados por José Bragato e Vagner Cunha (que também assina a direção musical), e a regência é do maestro Antônio Borges-Cunha. direção cênica é de Carlota Albuquerque, a criação da luz de Carmem Salazar, cenário, maquiagem, figurinos e adereços de Fabrizio Rodrigues e direção de produção de Therezinha Petry Cardona,  que também assina a direção executiva da orquestra.



Piazzolla estava bem acompanhado ! 

Uma única apresentação em Porto Alegre foi pouco. Precisará voltar.

domingo, 9 de outubro de 2011

Cabaré do Ivo entra em cartaz no Teatro Bruno Kiefer



O dia 14 de outubro vai marcar a abertura da temporada do espetáculo  Cabaré do Ivo - Coquetel infernal a partir de 7 peças de Ivo Bender,  que o Grupo Experimental de Teatro-GET,  vai realizar no Teatro Bruno Kiefer da Casa  de Cultura Mario Quintana, dias  14, 15, 21, 22, 23, 28, 29 e 30 de outubro de 2011, às 20 horas. (domingo,  dia 16, o espetáculo não será apresentado).

Com direção geral de Mauricio Guzinski, Direção Coreográfica de Carlota Albuquerque,  direção musical de Marcelo Delacroix,  direção de atores de Laura Backes, roteiro do Grupo Experimental de Teatro-GET e de Mauricio Guzinski, no elenco estãoAmanda Novinski, André Gazineu, Dinorah Araújo, Juçara Gaspar, Naiara Harry, Paula Souza, Samanta Sironi e Silvana Ferreira.
A iluminação é assinada por Carmem Salazar a maquilagem e cabelo por Fabrizio Rodrigues,  os figurinos e adereços porLara Coletti e Marina Schuch,  as fotos por Cláudio Etges, Nata Santejano e Ivo Gonçalves,  e a   trilha sonora por Marcelo Delacroix e GET.  Produção: Grupo Experimental de Teatro-GET.

Trajetória do espetáculo
Bem recebido pelo público que superlotou a Sala Álvaro Moreyra do Centro Municipal de Cultura, em Porto Alegre, o espetáculoCabaré do Ivo – resultado da pesquisa sobre a obra do dramaturgo gaúcho Ivo Bender, desenvolvida pelo Grupo Experimental de Teatro da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre (GET/SMC) – foi aplaudido de pé, por um público de 339 pessoas, durante as três apresentações da temporada de estréia, no encerramento da Semana Ivo Bender, homenagem ao cinqüentenário de teatro do autor, realizada pela Coordenação de Artes Cênicas (CAC), da SMC, de 23 a 29 de maio  de 2011. No mês de setembro, a  peça foi apresentada no 18º. Porto Alegre Em Cena, no Centro Municipal de Cultura José Pedro Boéssio por ocasião da 26ª. Feira do Livro de São Leopoldo e havia sido apresentada, em agosto, no Teatro Glênio Peres da Câmara Municipal de Porto Alegre, contabilizando atualmente um público espectador de cerca de 600 pessoas.

Sinopse
Cabaré do Ivo é uma espécie de “coquetel infernal” preparado com fragmentos de sete peças de Ivo Bender pelo Grupo Experimental de Teatro da SMC. “Coquetel” porque o roteiro oferece sabores de comédia, drama, melodrama, tragédia – gêneros teatrais em que o dramaturgo gaúcho transita com sua peculiar maestria. “Infernal” porque também traz as costumeiras pitadas do vasto conhecimento do autor sobre mitologia nas mais diversas culturas. Nos moldes do tradicional teatro de revista brasileiro e tendo como fio condutor o Cabaré de Maria Elefante, são apresentadas ao público cenas curtas sobre vampiros, demônios, criminosos, uma morta-viva milagreira, dois travestis (Jean Harlow e Rita Hayworth); a hilária cena de um juiz embriagado que, em plena audiência de separação, sentencia ao casal (em litígio): um “menage a trois” (em que ele, o próprio juiz, seria a terceira ponta do triângulo). Todas essas histórias inusitadas e muito mais! Pois Ivo Bender é um escritor “fabuloso” (ao pé da letra e da palavra!). Tem o domínio, o poder da “fábula”, o dom de contar histórias como ninguém.” Além de Cabaré de Maria Elefante, o Cabaré do  Ivo reúne cenas de Mulheres Mix, Quem roubou meu Anabela?, Surpresa de verão, Sexta-feira das Paixões, A ronda do lobo/1826 e As cartas marcadas ou Os assassinos.

Concepção
A concepção do espetáculo nasceu a partir da força dos aspectos fantásticos presentes na obra de Ivo Bender. Na estrutura  de um show de variedades (eleita a partir da peça Cabaré de Maria elefante), o surgimento de muitas personagens sobrenaturais (vampiros, demônios, morta-viva,  mulher-loba, etc..), determinou que a encenação ganhasse a forma de cabaré misterioso, fantástico, infernal. Esses aspectos foram evidenciados nos figurinos rasgados e manchados, na carregada maquilagem, nos cabelos desgrenhados,  no desenho da luz, nos diferentes climas  da trilha sonora, na diversidade das coreografias, das ações e das falas. Tudo isso para trazer à vida as palavras de Bender, na relação profunda que se estabelece entre autor/ator/espectador, somente no momento único, efêmero, da cena. O experimento/espetáculo foi realizado em homenagem ao cinqüentenário do Teatro de Ivo Bender, nosso mais importante dramaturgo em atividade, nascido em 23 de maio de 1936, na cidade de São Leopoldo, e radicado em Porto Alegre, onde permanece, extremamente produtivo, dedicando-se às Letras e ao Teatro, aos 75 anos de vida.

Ivo Bender
Natural de São Leopoldo, Ivo é o mais importante dramaturgo gaúcho em atividade (50 anos de teatro e 75 de vida), autor de peças que marcaram a história do teatro feito em Porto Alegre (Sexta-feira das PaixõesQueridíssimo canalhaQuem roubou meu AnabelaTrilogia perversa...). Em recente entrevista, concedida a Michele Rolim do Jornal do Comércio, Ivo Bender argumenta sobre a necessidade de haver projetos que incentivem a escrita para a cena: “As pessoas não escrevem, é muito difícil escrever teatro. Percebi isso quando comecei a escrever conto, que é possível escrever com as mãos nas costas. Teatro é uma estrutura muito difícil.”
O cinqüentenário do Teatro de Ivo Bender, festejado pela Coordenação de Artes Cênicas, da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre-SMC, intitulada: Semana Ivo Bender, realizada de 23 a 29 de maio último também integrou a  programação do Palco Giratório do SESC e continua tendo desdobramentos. A SMC em parceria com o Goethe Institut criou o Prêmio Ivo Bender - Bolsa de estímulo à criação Dramatúrgica que incentiva o surgimento de novos autores teatrais (ou consolidar o trabalho dos dramaturgos em atividade), bem como fomentar a criação de novas obras da literatura dramática em nossa cidade.

Grupo Experimental de Teatro - GET
O GET foi implantado pela Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre em 2008, abrindo espaço para a pesquisa e o aperfeiçoamento de atores locais que, selecionados periodicamente, participam da pesquisa. Os integrantes do GET tiveram oportunidade de receber orientação de Carlota Albuquerque, Laura Backes, Marcelo Delacroix, Matteo Belli, Nair D’Agostini e Mauricio Guzinski. 
A exemplo de Cabaré do Ivo, resultado da pesquisa sobre a obra de Ivo Bender, realizada de outubro de 2010 a junho deste ano, o GET já realizou pesquisa sobre a obra de Jorge Andrade,  em 2009, cujo resultado foi intitulado: “Para dentro do labirinto – experimento sobre a obra de Jorge Andrade” e, em 2010, “Nelson Mítico”  pesquisa sobre as peças míticas de Nelson Rodrigues. 

Mauricio Guzinski
Ator, diretor e professor de teatro. Licenciado em Arte Dramática, Bacharel em Direção Teatral e Especialista em Teatro Contemporâneo, DAD/UFRGS. Atuou em “Encontro no Bar”, “Dercybiônica”, “Macbeth”, “Fullano”, “Tragikos”, entre outros. Autor e diretor de “Dona Possança” (publicada pelo IEL/RS), “Antonio Chimango” (Açorianos Especial pela Criação, 1985), “Macbeth” (Açorianos de Melhor Cenário e Figurino, 1989) e “Amores & Facadas” (Açorianos Melhor Ator Coadjuvante, 1992). Participou da International School of Theater Antropology, 1994 e 1996. Fez cursos com Eugenio Barba e o Odin Teatret, em Holstebro, Dinamarca (1995) e com Gabrielle Roth, NY, EUA (2003). Professor da SMC, desde 1985, onde foi diretor da Oficina Teatral Carlos Carvalho e do Teatro Renascença, criou o Núcleo de Investigação Usina do Trabalho do Ator, realizou a Mostra Antropologia Teatral e Cultura Brasileira, coordena o Concurso Nacional de Dramaturgia – Prêmio Carlos Carvalho, desde sua criação, em 1988, o Prêmio Ivo Bender, criado em 2011, e o Grupo Experimental de Teatro, desde 2008.


CABARÉ DO IVO
Coquetel infernal a partir de 7 peças  de Ivo Bender

TEATRO BRUNO KIEFER
 CASA DE CULTURA MARIO QUINTANA
Rua dos Andradas, 736 – 6º. Andar
Sextas, sábados e domingos – 20h
Dias 14, 15, 21, 22, 23, 28, 29 e 30 de outubro de 2011 (domingo,  dia 16, o espetáculo não será apresentado).
Ingresso: R$ 20,00
Descontos: 50%
Clube do Assinante ZH, estudantes, idosos e classe artística


  

IMPORTANTE: A Coordenação de Artes Cênicas  da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, além de ter criado o Grupo Experimental de Teatro, foi responsável pela idealização e realização do módulo-montagem do GET sobre a obra de Ivo Bender,  pela produção do espetáculo “Cabaré do Ivo” e pela realização da Semana Ivo Bender – 50 anos de Teatro. A produção do espetáculo inclui desde a oferta de espaços para a pesquisa, ensaios e apresentações, até a cedência de profissionais de seu quadro de funcionários efetivos* e a contratação de artistas** especialmente convidados para a  criação conjunta do espetáculo com os atores selecionados para a realização do módulo-montagem em setembro de 2010.
*Carmem Salazar, Laura Backes e Mauricio Guzinski são profissionais efetivos da SMC de Porto Alegre, cedidos gentilmente para a realização do experimento teatral do GET sobre a obra de Ivo Bender.**Carlota Albuquerque e Marcelo Delacroix,  profissionais consagrados da comunidade artística gaúcha, foram contratados especialmente pela SMC para a realização deste experimento teatral.
 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Tríade mostra experimentos de cor e forma


Exposição que inaugura quarta, dia 05/10, na La Photo exibirá obras de Clara Serrano, Luzia Fabricio e Vitoria Davoglio


Tríade, em muitas culturas, significa auxílio mútuo, movimento e equilíbrio. Por isso dá nome à mostra que reúne o trabalho das três artistas e que registra o encontro e o diálogo que ocorre nos bastidores há cerca de cinco anos. A convivência no atelier permitiu às artistas a troca de impressões e o olhar crítico sobre a obra, o processo e as possibilidades estéticas e de expressão de cada uma, que têm diferentes formações.
Com curadoria de Vera Wildner, a mostra traz uma série de nus, produzidos em técnicas mista e acrílico, por Clara Serrano, e os abstratos em acrílico sobre tela de Luzia Fabrício e Vitoria Davoglio.
A exposição permanece aberta para visitação na Galeria La Photo até 05 de novembro, de terça a sexta, das 11h às 19h e sábados das 11h às 15h.

SERVIÇO:
O Quê: Exposição Tríade


Artistas: Clara Serrano, Luzia Fabrício e Vitoria Davoglio

Produção: BIS | Cultura e Comunicação

Onde: Galeria e Espaço Cultural La Photo. Travessa da Paz, 44 – Porto Alegre

Quando:       Abertura -  05 de outubro de 2011, a partir das 19h00min
Visitação - de 06/10 a 05/11/11, de terça a sexta, das 11h às 19h e sábados das 11h às 15h

Informações: Galeria La Photo - (51) 3221-6730